sexta-feira, 15 de abril de 2011

Siderópolis faz 120 anos de colonização

Siderópolis (Nova Belluno) - 120 anos

                                             Texto de Nilson Dassi - Historiador

Siderópolis, cidade localizada no Sul do Estado de Santa Catarina, colonizada por imigrantes italianos, completará 120 anos de fundação em 2011.
Belluno, primeiro nome de Siderópolis, surgiu com a criação da Colônia Nova Veneza em 1891, resultado de uma política imigratória incrementada pelo governo brasileiro iniciada no império e concluída na república, objetivando a ocupação e o povoamento, principalmente, nos estados da região sul do país.
Segundo Bortolotto “Oficialmente comemora-se 28 de outubro de 1891 como sendo a data de chegada dos primeiros imigrantes, e, portanto, a data da fundação da Colônia Nova Veneza. Sabemos, todavia, que na verdade os primeiros imigrantes chegaram bem antes desta data.” [1]. O atual município de Nova Veneza, que naquela época era sede central da Colônia, adotou de forma oficial esta data como sendo sua fundação, no entanto, nos arquivos da Carbonífera Metropolitana, também citados por Bortolotto, pode-se constatar que a primeira leva de imigrantes chegou à colônia em 28/06/1891. A partir de 04/01/1891, observam-se no livro Diário da Administração da colônia [2] os primeiros registros contábeis, tendo por finalidade, preparar toda a colônia com o objetivo de abrigar os colonos italianos nos seus respectivos lotes.
No Monumento ao Imigrante Italiano, localizado em frente ao Colégio Dom Orione, há uma placa em bronze comemorativa ao 75º aniversário de fundação do município, produzida no ano de 1966, durante o mandato do prefeito Jorge Bif, datada de 19/12/1891 como o inicio da ocupação da cidade pelos europeus. Não há uma manifestação legal dos poderes constituídos sideropolitano que possa confirmar esta data, no entanto é possível concluir que a escolha foi uma relação – dia e mês – à data da emancipação política administrativa decretada em 19/12/1958. Ainda em relação à placa, devido à inclusão de um acróstico, muitas famílias italianas que aqui chegaram não foram relacionadas.
A data de 19/12/1891 pode ser facilmente contestada, observando-se o título de posse provisória de terras do imigrante italiano Michele Crepaldi, adquirido da Companhia Metropolitana em 03/11/1891, no Núcleo de Belluno, seção Linha Ex-Patrimônio, lote 06 com 29,9 ha.[3]
Após minuciosa análise das documentações que se encontra na sede atual da Companhia Metropolitana, empresa responsável pela implantação da Colônia Nova Veneza, e na bibliografia regional, constata-se que foi em 18/07/1891 que a primeira grande leva de imigrantes chegou à colônia com a incumbência de ocupar seus lotes previamente demarcados, na seção Estrada Urussanga, no Núcleo de Belluno. Foram 234 imigrantes italianos – 27 famílias – que se instalaram próximos a sede central do Núcleo de Belluno, hoje área central do município de Siderópolis, conforme dispõe a planta (mapa) da Colônia Nova Veneza[4].
Num movimento articulado pela ALASI – Academia de Letras e Artes de Siderópolis e Treviso e a Associação Bellunesi Nel Mondo – Família de Nova Belluno (Siderópolis) estiveram, em 25/10/2010, na Câmara Municipal de Vereadores de Siderópolis, durante a presidência do Vereador Luiz Salvaro, apresentando fundamentações e argumentos para que a cidade tivesse uma data de nascimento. Após depoimentos de João Lazzaris Neto, Nilso Dassi, Ronaldo David e Selita Sachetti Cesa, o objetivo foi alcançado com a criação do Projeto de Lei do Legislativo P.L. Nº 002/2011 de 14/2/2011, aprovada por unanimidade, em 21/2/2011 pela Câmara Municipal de Siderópolis[5], resultando na Lei 1.925, sancionada pelo Prefeito Municipal de Siderópolis, Douglas Gleen Warmiling, em 28 de fevereiro de 2011, instituindo o Dia da Colonização Italiana no Município, ou seja, a data de nascimento de Nova Belluno (Siderópolis).

Bez, Bianchin, Bratti, Burigo, Cesa, Da Boit, Dal Farra, Damian, Dazzi (Dassi), De Bona, De Bettio, De Col, De Mattia, De Menech, De Nez, Feltrin, Mazzuco, Moro, Olivo, Panata, Pillon, Sacchet, Savaris, Savi, Scariot, Tramontin e Vamerlatti, foram estas as famílias que aqui chegaram em 18/07/1891.
Nova Belluno (Siderópolis), com a aprovação unanime do poder legislativo e o consentimento do poder executivo, poderá comemorar seus 120 anos em 18/07/2011.

FONTE:
[1] BORTOLOTTO, Zulmar Hélio. História de Nova Veneza. Nova Veneza: Prefeitura de Nova Veneza, 1992. p.19.
[2] Livro Diário da Administração da Colônia de Nova Veneza – 1891. Arquivo da Carbonífera Metropolitana S/A. Criciúma, SC.
[3] BORTOLOTTO, Zulmar Hélio. Historia de Nova Veneza. Nova Veneza: Prefeitura de Nova Veneza, 1992. p. 23.
[4] Mapa confeccionado pelo Departamento de Cartografia da Secretaria da Agricultura do Estado de Santa Catarina. (Bortolotto, 1992).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Classificados do VIII Concurso Literário 2017

                                                                                  RESULTADO FINAL                        VIII CON...